Conheça Cáceres

O valor do património significativo, cultural, património histórico e artístico de Cáceres tem sido reconhecido através de vários prêmios  que são: Cidade Património da Humanidade pela UNESCO e Terceiro Conjunto Monumental de Europa. Cáceres está integrado em redes de turismo como o Grupo das Cidades Património Mundial da Espanha e a Rede de Judiarias em Espanha "Sefarad". Foi declarada Capital Cultural, em 1992.

A Cidade Monumental de Cáceres facilmente nos transporta para tempos passados. lugares bonitos, palácios, igrejas e torres, umas esbeltas e vigiantes, outras desmouchadas...  a luz da à tardinha na pedra invita a alargar os passeios da cidade até a noite e apreciar o espetáculo de um jantar ou um concerto, tendo a lua como anfitrião.

Panorámica de Cáceres

Centros de Informação e INTERPRETAÇÃO

Casa de Moraga. Exposição Permanente de Artesanato Extremadura.

Centro de Artes Visuales Helga de Alvear. Fundação com as propostas artísticas mais contemporâneas e inovadoras.                                                                                                                                                                 Centro de Divulgação Páscoa Cacereña Center. Conheça a  Páscoa Cacereña, declarada Festa de Interesse Turístico Interacional, a sua fraternidades, desfiles

Centro de Interpretação "Cáceres el Viejo". Localizado no local do antigo acampamento romano Castra Cecília

Centro de Interpretação da Gruta Maltravieso. traços marcantes da arte paleolítica. Sua condição delicada impede que podem ser visitados, por isso, em 1999, que cria o Centro.

Centro de Interpretação da mineração na Extremadura. A recuperação da mina de Abundância permite saber como o setor de mineração influenciou o desenvolvimento de Cáceres

Centro de Interpretação da Torre de Bujaco e Torre dos Pulpitos. Localizado em uma das torres mais importantes da cidade, permite conhecer as diferentes civilizações que deixaram sua marca em Cáceres. No topo da Torre de Bujaco é um ponto de vista único. Caminhando ao longo da parede também pode ser acessado na Torre de púlpitos.

Centro de Interpretação "Baluarte de Los Pozos. Através de uma casa típica do Bairro Judeu pode chegar a Torre de Los Pozos, exemplo de fortaleza almóada. Como uma antessala para a torre foi restaurada um jardim ideal para a realização de atividades culturais. Dentro do Centro apresenta modelos que reproduzem a arquitetura da cidade.

MUSEUS:

Museu Yusuf Al Burch. Reprodução de uma típica casa durante o período árabe.

Museo de Armas. Localizado dentro do Palácio do cegonhas.

Museu de Cáceres. Localizado no local da antiga fortaleza árabe, conserva uma cisterna espetacular dentro. O Museu, inaugurado em 1933, tem vestígios arqueológicos desde tempos pré-históricos até o período visigótico, etnografia secção e artes plásticas.

Museu de História e Pedrilla Casa da Cultura e da Fundação Guayasamín. Museu apresenta a história da cidade de ss. XIX e XX. A Fundação Guayasamín tem obras da arte da este pintor equatoriano e amostras de arte pré-colombianas e Arte Colonial.

Museu da Catedral. Localizado na sacristia da Catedral de Santa Maria, contém peças de jóias, pratas e tecidos.

Museu de Escultura ao Ar livre. Situado no Parque del Príncipe é um conjunto de 27 esculturas de artistas contemporâneos.

Museu Municipal "Ciudad de Cáceres". Localizado no edifício Miron, contém parte do património cultural local, com obras de ouro, documentos históricos, pinturas, desenhos, cartazes, fotografias antigas.

Museu Vostell - Malpartida. Localizado no Monumento Natural de Los Barruecos, foi fundada em 1976 por Wolf Vostell artista hispanoalemán, o pai e fundador do movimento Happening Fluxus. Ele é considerado uma união de arte e natureza.

FESTAS:

Peregrinação de San Fabian e San Sebastián. É uma festa tradicional  se realiza uma procissão o dia 20 de janeiro, na Capela dos Santos Mártires, no Paseo Alto.

Fiestas de la Candelas e San Blas. São realizadas nos dias 2 e 3 de Fevereiro. É um dos mais tradicionais de Cáceres, se remonta ao ano 1561.

Páscoa. Declarada de Interesse Turístico Internacional, a sua originalidade é que a maioria dos seus  procissão tens um percurso por toda a  Cidade Monumental.

São Jorge, Padroeiro de Cáceres. O 22 de abril começa com o desfile de Mouros e Cristãos e a queima do dragão na Praça Mayor, onde encenou a reconquista da cidade. A festa continua em 23.

Bajada de la Virgen de la Montaña para a cidade. A Padroeira é transferida do seu santuário na Concatedral de Santa Maria onde fica dez dias até o primeiro domingo de maio

FESTIVAIS E OUTROS EVENTOS CULTURAIS:

Feira de Arte Latino-Americana "Foro Sur". Segunda feira de arte contemporânea mais importante de Espanha.

Festival Womad.Tem sido realizado desde 1992. Conhecido mundialmente como o maior encontro de música, arte e dança no mundo.

Festival de Música. Música de Espanha e América Latina nos séculos XVII e XVIII.

Mercado Medieval das Três Culturas. Mercado Medieval em um cenário incomparável.

Festival de Teatro Clássico Cáceres.Celebrase no mes de Junho, representase obras deo seculo de ouro espanhol. 

Festival Internacional de Folclore dos Povos do Mundo.